NINGUEM AUTORIZA, MAS A ESQUERDA AVANÇA!

Uma atividade sobre transgeneridade levou 41 famílias a cancelarem as matrículas de 73 alunos numa escola da cidade de Sacramento, na Califórnia, Estados Unidos. A polêmica atividade consistia numa encenação,  na qual um menino foi inicialmente apresentado à sala com um nome masculino e, depois de ir ao banheiro, voltou com roupas femininas e foi apresentado novamente à sala de aula como menina. O caso ocorreu com turmas de educação infantil, etapa na qual as crianças estão na faixa dos 5 anos.
A professora Kaelin Swaney também leu para as crianças o livro I am Jazz, que aborda a história de um menino transgênero. A aula foi realizada logo antes de as crianças entrarem em férias, na metade do ano. Nos Estados Unidos, o ano letivo começa entre agosto e setembro.
Fotógrafos podem se negar a registrar casamentos homossexuais, diz justiça dos EUA
Em entrevista ao site pró-vida Life Site News, vários pais queixaram-se, dizendo que a atividade deixou seus filhos traumatizados e que não foram informados de antemão a seu respeito. Segundo os pais, muitas das crianças choravam enquanto perguntavam aos seus pais se elas também teriam que mudar de gênero.
A lei da Califórnia exige que se notifique aos pais quando conteúdos de educação sexual forem tratados na escola e permite que eles optem por não permitir que seus filhos participem das aulas com esse tema.  Mas o conselho escolar da Rocklin Academy – escola onde o escândalo ocorreu – respondeu que não precisava contar aos pais sobre lições que abordam identidade de gênero, porque esse tema “não está incluído na área de educação sexual”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s